Obrigada 2016

17:17


Hey gente gira!
Hoje sei que seria suposto falar-vos dos meus objectivos para 2017, mas mais do que dar-vos uma lista com o que desejo realizar no ano que vem aí, prefiro falar-vos do que consegui realizar em 2016.
2016 foi um ano rápido, quase nem o senti passar e isso aconteceu porque este ano fui objectiva. Logo no início do ano dei a mim mesma uma dose de motivação e uma doce de coisas a realizar, talvez tenha sido injusta comigo mesma, ou talvez tenha sido exactamente como deveria ser. 

Este ano decidi-me a acabar o meu curso e assim o fiz, fi-lo com todo o amor e carinho do mundo, tenho um curso que amo. Nem sempre foi fácil, nem sempre tudo foram rosas, mas ao terminar o meu curso mostrei a mim mesma que eu sou capaz! Terminei-o com uma média muito boa e isso deixou-me ainda mais contente e determinada a investir mais e mais em mim.

Encontrei o amor! E sobre este tema eu poderia dizer-vos muito mesmo, mas mais uma vez opto por vos dizer apenas o que acho motivador para vocês! Na minha relação com o João eu cresci muito, pela primeira vez na vida eu tive de crescer para ser saudável para alguém. Namorar com alguém é mais do que dar beijinhos e fazer juras de amor, isso é outra cena, isso é filme! Não consigo mesmo falar-vos disto sem ficar com os olhos cheios de lágrimas e com o coração cheio de gratidão. Disse-vos lá em cima que encontrei o amor, mas é mais que isso, eu decidi amar. Amar alguém é uma escolha, eu escolhi amar o João como ele é, com o passado que ele teve, com o feitio que ele tem. E ele decidiu amar-me como eu sou, cheia de defeitos. E amar é isso mesmo, é escolher ficar perto. E hoje em dia, hoje em dia fazemos grandes planos e sabemos que esses planos passam pelo nosso suor e estamos dispostos.

Em 2016 permiti-me ter tempo para reflectir sobre MIM. Quantas vezes reflectimos sobre nós mesmos? Muito poucas! É tão fácil olharmos para os outros e encontrarmos defeitos, tão fácil. E eu sou uma pessoa que encontra rapidamente defeitos nos outros e neste ano propus-me a ser melhor do que aquilo que era, a olhar primeiro para os meus defeitos que são muitos e assim sofri bastante, chorei muito, mas cresci a potes! 

Aceitei-me! Ou pelo menos estou a aceitar-me! Estou a aprender a amar-me de verdade. A perceber que eu importo. É tão importante quando percebemos que temos de decidir amar quem somos, como somos!

Estes foram alguns dos tesouros que conquistei com a ajuda de Deus em 2016, temos encontro marcado daqui a um ano, para falarmos sobre 2017, pode ser?!

You Might Also Like

1 comentários

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe